terça-feira, 28 de setembro de 2010

5 Dicas para melhorar sua redação on-line no jornalismo digital


Dicas de Jornalismo On-line

Apesar do título do post, essas dicas servem para qualquer pessoa que escreva na web. Pode ser um jornalista, um blogueiro ou simplesmente um usuário. As dicas giram em torno da idéia principal de que a internet, em especial a web, promove uma comunicação multimídia, ou seja, permite uma troca de informações que vão muito além do simples texto.

É trágico que a maioria dos portais de conteúdo/notícias ainda plagie os jornais impressos. A web permite uma escrita muito mais rica que o texto puro. Imagens, sons e vídeos podem ser adicionados facilmente, e é a partir desses conceitos que eu sublinho aqui 5 dicas para os profissionais de comunicação (e para os não profissionais, também) que trabalhem/escrevam na web:

1º – Use hiperlinks. A melhor forma de se navegar pela web é através dos links disponibilizados pelos sites. É através deles que o usuário tem acesso à informação que ele realmente deseja. Nas suas notícias/matérias, sempre coloque, no final ou durante, links para que o leitor possa ter acesso a mais informações, se assim ele quiser. De preferência, coloque links dentro do próprio portal/site que você esteja trabalhando. Isso, além de aumentar o número de pageviews e permanência no site, faz com que o leitor tenha uma experiência mais profunda no seu conteúdo.

2º - Negrite as principais informações do seu texto. Algumas pessoas realmente lêem todo o conteúdo na web. Boa parte faz apenas um skimming da notícia, isto é, lê apenas os pontos-chave das matérias. Você pode ajudar o leitor destacando, com um negrito, as principais passagens do texto ou as principais keywords (além de dar uma ajuda no SEO, tema para um outro post).

3º – Evite o uso de chavões, metáforas e gírias no texto, a menos que seja extremamente necessário ou o evento seja conhecido através delas. Por quê? Aproximadamente 1/4 das visitas de um portal de notícias vêm através de um buscador; 97,14% dessas visitas são feitas através de uma pesquisa por matérias, não pelo portal. É importante ter palavras-chave, isto é, palavras que os usuários normalmente digitam nas buscas, dentro da sua matéria, principalmente no título. Também deve-se evitar o uso de pronomes e outras palavras que substituam as palavras-chave. Não tenha meda de repetir-se, mas saiba medir bem o uso das palavras-chave.

4º – Use imagens, vídeos, sons: a web é multimídia. Utilize ao máximo materiais que complementem a leitura. Não custa nada. Muitos portais não deixam que os jornalistas façam uma matéria com muitas imagens e vídeos porque isso faz com que a notícia demore mais a “entrar no ar”. Esqueça a pressa. A velocidade na web não é fator decisivo. Todos são rápidos, em questão de minutos o concorrente terá a sua matéria. Então faça um material de qualidade, para que o leitor continue na sua página e navegue pelos extras que você está colocando.

5º – Chame para a interação. Induza o leitor a comentar e opinar a sua matéria de forma sutil, mas que ele se sinta incomodado ou instigado o suficiente para comentar. Nesse sentido, o portal/blog/site deve ter uma boa política de comentários, de forma que eles não demorem muito a entrar no ar. Não utilize cadastros para que os leitores possam opinar. De preferência modere os comentários em tempo real, isto é, deixe que os comentários entrem na matéria e,se o material for inconveniente, remova-o. É lógico que isto variará de site para site, veja em qual categoria você se encaixa e estimule o leitor a comentar. Veja os comentários como uma extensão da sua matéria. Quanto mais comentários, melhor.

Fonte: Web Diálogos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Há 07 anos, o melhor!