sexta-feira, 8 de abril de 2011

O jornalismo cultural é referência para consumidores


Antes de comprar um livro, ir ao cinema, visitar uma exposição de arte, ou até mesmo, tomar um café, o Brasileiro procura referências no mundo virtual.

Em dois anos de trabalho, assinando o "Acontece Brasília", o editor de conteúdo cultural brasiliense, Eldo Gomes, comenta que o sucesso de seu trabalho é o reflexo do ressurgimento de um novo público para o jornalismo cultural - na era digital.

O Acontece Brasília tem dois anos de existência, possui mais de 1.500 matérias publicadas, contabiliza um total de quase meio milhão de acessos, recebe de 400 a 1.200 visitas por dia e é referência em dizer o que ler, o que assistir, o que fazer em Brasília, onde curtir na noite brasiliense da capital do Brasil e vários outros assuntos relacionados a cultura – na internet.

"Liberdade de expressão, de imprensa alternativa e espaço para contar o que for necessário, principalmente se o assunto for relacionado a valorização e difusão da cultura", simplifica o jornalista, explicando sua fonte de inspiração para manter, desde o dia 03 de maio de 2008, uma coluna diária – Acontecebrasilia.com.br, que é um desafio para o colunista, que divide a paixão pelo jornalismo cultural, com o trabalho de assessor de imprensa e redator de vários conteúdos.

O jovem é nascido em Brasília, respira cultura no sangue, pois tem uma tia-avó que é escritora, uma prima, que pela idade, diz considerar sua tia "Helena", que é artista plástica, fez diversas obras, e, uma grande incentivadora quando o assunto é leitura. Desde cedo teve contato com vários estilos e formatos de produções cinematográficas, pois vem de família de comerciantes, da área de locação de filmes, porém, com a entrada de DVD's no mercado comercial de locadoras, a família deixou de lado o negócio, poeta desde infância e graduado em jornalismo e estudando letras na Universidade Católica de Brasília – UCB.

"O blog é a fusão do jornalismo cultural com o jornalismo digital, e, nesta era da web 2.0, surge um modelo de comunicação multimídia, que agrega valores culturais e fornece diariamente dicas culturais", comenta Eldo Gomes, editor do site, ao ser questionado da linha editorial utilizada para informar o leitor.

Porque falar sobre cultura?

Muitos perguntam "O que te leva a falar sobre cultura? Passar horas escrevendo dicas para o entretenimento alheio?", a resposta está na ponta da língua, "Falar de cultura na capital da desigualdade social é um orgulho. Adoro dar dicas do que fazer, falar dos eventos gratuitos, dar opinião sobre livros, CDs, e dizer o que tem de bom na cidade, que hoje tem quase quatro milhões de habitantes", comenta o jornalista Eldo Gomes.

Fonte: Portal Bonde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Há 07 anos, o melhor!