quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

E fui premiado com o Troféu Tracajá 2012, o Oscar do Sertão

 Eu (Emerson Azevedo) recebendo o Troféu das mãos de minha mãe Zélia Noraide


 Começar dizendo o que eu disse no palco do Troféu... Tudo tem o valor o qual agregamos, pois bem! 


Pra mim ser premiado com o Troféu Tracajá 2012 teve significados, dos quais destaco, o reconhecimento ao trabalho desenvolvido no rádio de Feira há 09 anos nas passagens que tive pelas rádios: Cidade FM, Sertão FM, Sociedade AM, São Gonçalo AM, Subaé AM e Povo AM, e mais recentemente no trabalho desenvolvido há cerca de 04 anos no Portal Terra de Lucas o qual se tornou referencia em cultura na cidade. E mais recentemente a coluna Feira Terra de Cultura que assino no Portal MF.  

Além do reconhecimento, vejo também o Troféu Tracajá como um título de cidadão feirense autêntico e legítimo, pois, esse nasce da raiz das manifestações culturais da Terra de Lucas da Feira e de Senhora Sant’anna, e é idealizado por esse jornalista que assim que nem eu acredita e é um trabalhador em prol da manutenção da cultura e das manifestações culturais nas Terras de Sant’anna.  

Agora sim sinto-me cidadão feirense uma vez que, sou nascido em São Paulo e radicado em Feira de Santana desde os meus 06 anos, vivi muita coisa boa de minha infância, aqui cresci, fiz grandes amigos. e graças a Deus posso contribuir com essa terra com os frutos da profissão que escolhi, o jornalismo.

Os primeiros agradecimentos são pra Deus Pai e Mãe pelo dom da vida e pela mãe espetacular que escolheu pra mim a qual é meu grande exemplo e espelho de vida meu eterno Amor. Ao meu Pai (in memorian) por ter tido a comunicação nas veias embora não tenha conseguido realizar o grande sonho dele, ser correspondente internacional de Tv, quem sabe um dia eu me entendo com as câmeras e realizo isso pra nós...

Quero agradecer ao Reginaldo Tracajá pela premiação, ao Girlânio Guirra, pela força de sempre, ao Edilson Veloso pela recepção de sempre desde que nos conhecemos num encontro de figuras populares, e por Veloso ter convocado a minha mãe para me entregar o Troféu.

Agradecer ao meu grande amigo Everton Nery que foi a primeira pessoa que acreditou em mim quanto ao rádio e quem me deu a primeira oportunidade nos microfones da Rádio Cidade Fm e a Ramiro pelo intermédio nesse processo, e em nome de Everton envio as minhas saudações a todos e todas colegas das ondas do rádio que sempre foram e são solícitos com a minha pessoa.

Ao amigo e colega Florêncio Mattos que sempre acreditou no meu potencial e sempre me ajudou com seus conselhos sábios nas minhas horas de surto e loucura generalizada, como também pela parceria companheirismo e lealdade de sempre. Vale lembrar que ele também foi premiado em 2010 e este ano pelo trabalho brilhante que desenvolve na cobertura dos trabalhos da Câmara Municipal de vereadores de Feira de Santana junto com o colega e amigo Ricardo Santos que é um grande talento dessa terra.

 
Aos meus companheiros de empreitada no Terra de Lucas, Ramiro Luiz, Iago Marinho... Aos arte colunistas que muito tem contribuído para o crescimento e sucesso do Portal: Diego Carvalho, Ana Paula Duarte, Néia Mattos, Marcos Monteiro e Luciano dos Anjos, minha fotografa Andreza Moraes que me acompanha nas coberturas maiores, a todos aqueles que colaboraram e colaboram sempre com informações e com a parceria, e por fim àqueles que se unirão a esse projeto vitorioso.  Ao amigo e colega Reginaldo Júnior pelo convite pra assinar a coluna Feira Terra de Cultura no Portal MF permitindo ampliar a minha mensagem aos ventos culturais da rede. Ao amigo e colega Cid Fiuza pela parceria, presteza e crédito às nossas ideias e pelo convite para novos projetos. À amiga e colega Patrícia Santos que levanta minha auto estima com seus elogios exagerados, e é dona da voz feminina mais bonita que eu conheço pra rádio acrescentando que é uma profissional com a qual sempre aprendo muito quando partilhamos a experiência de trabalhar juntos como foi no trabalho desenvolvido no TCC que a consagrou como jornalista. A Livinha minha amiga-irmã que sempre acreditou em mim e que me deu de presente o troféu que recebeu pelo Top Gospel Service no ano de 2005 como empresária do ano... (ele tá aqui ao lado do Troféu Tracajá 2012. Ao grande amigo Marcos Monteiro por sempre acreditar em mim, por muito me ajudar, por me acolher na Comunidade de Jesus e em nome dele agradeço aos irmãos e irmão de caminhada e Fé. Lembrar também e ser grato por Marcos me convidar a integrar o projeto da Curviana Editora, a e também por propagar aos 04 ventos que ganhei o Troféu Tracajá em 2012 (risos). 

 Agradecer também aos amigos e amigas que não foram citados, pois são muitos, os quais muito me ajudaram e me ajudam na caminhada é tanta gente que seria necessário um estádio pra colocar todo mundo, é como eu dizia a uma recentemente pra Ana Paula, eu sou uma pessoa de sorte, pois eu tenho amigos para o que eu precisar nessa vida.

E esse texto não termina aqui conforme eu for me lembrando de outros episódios irei acrescentando...
 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Há 07 anos, o melhor!